Logo da AAO(30 anos)

Artigos e Notícias

IFOAM dá Prêmio Internacional este ano para Dra Ana Primavesi
27/07/2012 9:39
Dra. Ana Maria Primavesi, um prêmio da IFOAM e uma organização para acolher o seu legado.

(edição do Portal da AAO, a partir de coletânea de http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/ana-primavesi-um-premio-mais-que-merecido)

De longo tempo, a AAO desfruta de uma relação com a Dra. Ana Maria Primavesi de “sansei”, “doula”, conselheira e inspiração, que vai para além do reconhecimento de seu protagonismo e comprometimento. Existe um compromisso coletivo para viabilizar uma organização que, com o apoio e o engajamento de várias pessoas que nutrem por ela admiração e respeito, busca um destino adequado para a sua propriedade em Itobi/SP e seu acervo de biblioteca, com a possível criação da Fundação Ana Maria Primavesi.
Quando a propriedade foi comprada, há 32 anos, o solo estava degradado, infértil, cheio de voçorocas - a erosão em seu mais alto grau. E sem nenhuma nascente. Reportagem de 28 de outubro de 1980, no Jornal da Tarde, do jornalista Randau Marques, noticia quando Ana adquiriu o sítio de 96 hectares: "A doutora Ana Primavesi está deixando São Paulo por um pedaço de terra árida e marcada pela erosão. É a terra que ela transformará numa fazenda rica e produtiva, gastando pouco e sem usar agrotóxicos". Dito e feito.
Ao longo de três décadas, vivificou o solo, eliminou voçorocas e recuperou mata nativa e nascentes. "Hoje temos cinco nascentes ali", orgulha-se. Também foi criado um blog (anaprimavesiana.blogspot.com.br) para difundir tudo o que se relacione ao trabalho de dona Ana. Espera-se, em breve, que ele possa divulgar a atuação da fundação no sítio. O e-mail de sua filha Carin (carin.bp@gmail.com) está aberto a contatos e mais informações.

IFOAM - Em setembro de 2012, na Alemanha, Ana Primavesi será agraciada com o One World Award, o mais importante prêmio da agricultura orgânica no mundo, que a IFOAM instituiu em 2008 para premiar a cada dois anos, ativistas da área orgânica em nível mundial com trabalhos em agroecologia que impacte positivamente a vida de agricultores, sobretudo os mais desfavorecidos.

Em 2008, quem ganhou o prêmio foi o veterinário alemão Dr. Engelhard Boehncke, por seus trabalhos em relação à criação orgânica de animais e bem-estar animal. Há dois anos, o ganhador foi o indiano pioneiro em agricultura orgânica sr. Bhaskar H. Salvar, que, logo no início da década de 1950, se contrapôs à Revolução Verde, ensinando agroecologia aos agricultores em contraposição aos agroquímicos. Este ano, nossa querida doutora Ana Primavesi será a agraciada.
O prêmio é financiado pela Rapunzel, empresa alemã voltada ao processamento e à comercialização de produtos orgânicos. A premiação será na cidade de Legau, na Alemanha, onde fica a sede da financiadora do prêmio, e terá a presença do Prêmio Nobel Alternativo da Paz a indiana Vandana Shiva – que esteve recentemente no Brasil, por ocasião da Rio+20.

Leia as íntegras abaixo.

Ana Primavesi - Um prêmio mais que merecido

 "Quando Ana Primavesi o comprou, há 32 anos, o solo estava degradado, infértil, cheio de voçorocas - a erosão em seu mais alto grau. E sem nenhuma nascente. Reportagem de 28 de outubro de 1980, no Jornal da Tarde, do jornalista Randau Marques, noticia quando Ana adquiriu o sítio de 96 hectares: "A doutora Ana Primavesi está deixando São Paulo por um pedaço de terra árida e marcada pela erosão. É a terra que ela transformará numa fazenda rica e produtiva, gastando pouco e sem usar agrotóxicos".

Dito e feito. Ao longo de três décadas, vivificou o solo, eliminou voçorocas e recuperou mata nativa e nascentes. "Hoje temos cinco nascentes ali", orgulha-se. Numa região cercada por cana e pasto, o solo vivo do sítio se destaca. "O café produzido ali, organicamente, atrai vários compradores, que dizem que os grãos dão uma bebida especial", comenta a filha de Ana, a psicopedagoga Carin Primavesi Silveira."

http://organicosbrasil.wordpress.com/2012/07/02/dra-ana-primavesi-vai-re...

Dra. Ana Primavesi vai receber o principal prêmio internacional da agricultura orgânica, da Ifoam

02/07/2012

Dra. Ana. Merecida homenagem e reconhecimento internacional. FOTO: LUIZ PRADO/LUZ

Dona Ana Primavesi, uma das pioneiras do movimento orgânico no Brasil, acaba de ser agraciada com uma importante homenagem. A Ifoam (International Federation of Organic Agriculture Movements) vai premiá-la com o One World Award, o mais importante prêmio da agricultura orgânica no mundo. Instituído em 2008, a Ifoam tem dado o One World Award, a cada dois anos, a ativistas da área orgânica em nível mundial.

São pessoas cujo trabalho voltado à agroecologia impacte positivamente a vida de agricultores, sobretudo os mais desfavorecidos. Em 2008, quem ganhou o prêmio foi o veterinário e professor alemão dr. Engelhard Boehncke, por seus trabalhos em relação à criação orgânica de animais e bem-estar animal. Há dois anos, o ganhador foi o indiano pioneiro em agricultura orgânica sr. Bhaskar H. Salvar, que, logo no início da década de 1950, se contrapôs à Revolução Verde, ensinando agroecologia aos agricultores em contraposição aos agroquímicos. Este ano, nossa querida doutora Ana Primavesi será a agraciada.

Dra. Ana, engenheira agrônoma especializada em solos, foi escolhida pelo grande impulso que deu aos movimentos agroecológicos não só no Brasil, como na América Latina, contribuindo, segundo os organizadores, para moldar um paradigma alternativo à agricultura industrial.

O prêmio é financiado pela Rapunzel, empresa alemã voltada ao processamento e à comercialização de produtos orgânicos, como cereais, chocolates, massas, molhos e frutas secas. A entrega da homenagem será feita na Alemanha, na cidade de Legau, sede da Rapunzel, em noite de gala no dia 14 de setembro. A celebração será testemunhada por mais de mil pessoas da região e do exterior, entre elas a Prêmio Nobel Alternativo da Paz a indiana Vandana Shiva – que esteve recentemente no Brasil, por ocasião da Rio+20.

>> Leia o restante na parte 2 .