Logo da AAO(30 anos)

Artigos e Notícias

Transgênicos - publicação de pesquisa no periódico "Food and Chemical Toxicology", um dos principais na área, evidencia conflito de interesses.
28/01/2013 15:01
Transgênicos - publicação de pesquisa no periódico
Fonte: Boletim 615 da Campanha por um Brasil livre de Transgânicos - ASPTA

Deram n’água os esforços de fazer retratar-se a revista que em setembro passado publicou estudo que mostra danos à saúde de cobaias causados pelo consumo de milho transgênico com e sem associação com o herbicida Roundup, ambos da empresa Monsanto. Além da retratação, pediam os descontentes que o artigo não fosse publicado na versão impressa da Food and Chemical Toxicology, um dos principais periódicos na área.

Em novembro último a revista publicou resposta da equipe liderada por Gilles-Eric Séralini [1], que também anuncia que divulgará em breve novos dados experimentais sobre o Roundup.

As críticas vieram de cerca de 40 pesquisadores, incluindo agências reguladoras e o presidente da  CTNBio [2]. Um levantamento posterior revelou que boa parte dos críticos apresenta situações de conflito de interesses, seja em função de envolvimento direto com a Monsanto, seja com órgãos que já haviam aprovado a variedade de milho em questão ou similares [3, 4]. Por outro lado, mais de 300 cientistas, de 33 países, dos cinco continentes, manifestaram seu apoio à pesquisa, inédita por ter avaliado as consequências de longo prazo do consumo de um produto transgênico.

Um site específico foi criado para responder ponto por ponto as críticas – http://gmoseralini.org/ -, enquanto os casos de ofensas pessoais, calúnia e difamação de Séralini e sua equipe estão sendo tratados judicialmente.

A EFSA (European Food Safety Authority), por sua vez, anunciou que tornará públicos os dados relativos ao polêmico milho NK 603 [5].

Quando se lança mão da defesa dos transgênicos como sinônimo de defesa da ciência, corre-se o risco de acertar o próprio pé. Nega-se que as verdades científicas são sempre verdades provisórias, pois revê-las em face de novas descobertas não é de interesse dessa indústria.

::

[1] http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0278691512008149

[2] http://www.ctnbio.gov.br/index.php/content/view/17600.html

[3] http://www.spinwatch.org.uk/-articles-by-category-mainmenu-8/46-gm-industry/5546-smelling-a-corporate-rat

[4] http://aspta.org.br/campanha/boletim-609-23-de-novembro-de-2012/

[5] http://www.efsa.europa.eu/en/press/news/130114.htm
Categoria(s): Transgênicos